Blog NET

Conteúdos frequentes sobre tudo relacionado a internet, tv e atualidades

Desenhos infantis e o aprendizado

Categoria:

6 minutos de leitura

Cada ano que passa nos deparamos com novos desenhos animados. Canais como Cartoon Network e Nickelodeon já viraram clássicos. Canais abertos, como a Globo, mantém a anos programas voltados às crianças na parte da manhã, como é o exemplo do famoso Bom Dia e Cia. Enquanto os canais Disney XD e Boomerang, relativamente novos, chegaram para ficar.

Hoje os desenhos animados são super coloridos, 3D, touch, abordam temas polêmicos e deixam os pequenos vidrados por horas. Aliás, podemos dizer até que prestam serviço de babá às vezes, para que os papais possam descansar. Atitude essa que pode ajudar no desenvolvimento da criança, ao contrário de atrapalhá-la, como alguns dizem. Basta escolher o desenho certo.

O problema é que, na maioria das vezes, nós, que já deixamos de lado nossa criança interior a um bom tempo (infelizmente), não conseguimos compreender ou mesmo acompanhar o que está acontecendo do outro lado da tela. Perdemos a sensibilidade e às vezes acabamos julgando de uma perspectiva errada.

Mas, vamos lá. O quanto você acha que os pequenos podem ser afetados pelos cartoons? Pouco? Muito?

Os desenhos animados, assim como contos de fadas e histórias em quadrinhos, podem ajudar as crianças a terem noções de moral, senso crítico, certo e errado, bem e mal, entre tantos outros, pois em várias oportunidades favorecem a problematização e resolução visual de temas que, no espaço “real”, a criança tem dificuldade em compreender, como nascimento, morte, família e relacionamentos.

Além disso, quase toda criança se espelha em alguém quando começa a tomar noção de suas próprias decisões e ações. Se espelhando em seu pai, sua mãe, irmãos e, muitas vezes, em desenhos animados. Moldando sua personalidade em cima dessas mesmas ações e sentimentos.

Sendo assim, podemos concluir inicialmente que: sim, os pequenos, seus presentes e futuros podem ser fortemente moldados com base em desenhos animados.

Um paralelo que podemos fazer para exemplificar de maneira mais visual é o do aprendizado de uma criança e a absorção de uma esponja. As crianças possuem uma imensa facilidade de aprendizado e absorção de conteúdo e, por esse motivo, aprendem as coisas rapidamente. Absorvem conteúdo assim como uma esponja absorve água. O máximo possível. Porém, assim como uma esponja, não possuem filtros.

Criatividade e imaginação

Uma dos primeiros “sentidos” a serem desenvolvidos pelas crianças são a criatividade e a imaginação. E, se tratando disso, os desenhos animados são excelentes aliados e ferramentas para aguçar os pequenos, assim como brincadeiras e jogos.

Desenhos animados, criados com uma linguagem essencialmente lúdica (cores, movimento, musicalidade, temática e temporalidade) e de fácil compreensão, acabam por absorver maior atenção e, ao usar o lúdico, você consegue fomentar aprendizados importantes, trazer questões e novas perspectivas, sem perder o encantamento e a curiosidade, permitindo que a criança explore sua imaginação e crie suas próprias expectativas sobre aquilo que está assistindo.

Algumas animações são feitas com o acompanhamento de especialistas em desenvolvimento infantil, que supervisionam cada episódio – desde a criação do conceito até sua produção – garantindo que o conteúdo seja transmitido de acordo com o nível de aprendizado das crianças. Temas como a amizade e a alimentação saudável, por exemplo, são tratados de forma educativa.

Outros abordam, inclusive, temas considerados delicados para o universo infantil, ajudando os pequenos a lidarem com situações semelhantes. Como por exemplo, situações em que os personagens são levado no hospital para tomar uma injeção ou mesmo onde presenciam uma grande tempestade, podendo assim encarar seus medos.

Outros abordam temas do cotidiano, como a família, o comportamento social, a solidão, os laços de amizade, e o trato com diferentes emoções, como ansiedade, medo, empatia, tristeza, alegria, experiências essas que são típicas de uma criança de pouca idade.

Desenhos como Barney e Seus Amigos, Caillou, Aventuras com os Kratts, Peppa Pig e Daniel Tigre sao apenas alguns exemplos. A maioria deles dispostas em já conhecidos canais como Nick, Cartoon Network, Disney Channel e Boomerang.

Nossa dica é: participe ativamente do desenvolvimento do seu filho, dentro de todas as esferas de conhecimento. Social, profissional, emocional… Assista o que ele está assistindo, vá atrás de diferentes fontes de conteúdo educativo. O futuro do seu filho agradece!

DEIXE SEU E-MAIL PARA RECEBER NOSSO CONTEÚDO

DEIXE SEU E-MAIL PARA RECEBER NOSSO CONTEÚDO

Bem vindo ao blog da Net :)Conheça nossos planos
+